.....

Pará/Brasil

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Eleições 2012: Mário Moreira é pré-candidato a prefeito em Redenção

Mário Moreira

Mário Moreira (PTB), ex-deputado estadual, ex-prefeito de Redenção por dois mandatos e atual Diretor Geral da ADEPARÁ, é um forte pré-candidato a prefeito de Redenção nas Eleições 2012.
Nas Eleições 2010, Mário foi candidato a deputado estadual pelo PTB e ficou na segunda suplência com 24.322 votos, sendo 12.467 votos somente em Redenção, o mais votado na Cidade.
A votação total obtida foi maior do que oito (8) deputados eleitos, porém, devido à equação matemática utilizada para se atingir o quociente eleitoral, Mário não foi eleito, mas mostrou nas urnas que ainda é uma forte liderança regional e, principalmente, municipal.


Governador Simão Jatene, Carlos Xavier e Zenaldo Coutinho ouvindo atentamente as
explicações técnicas de Mário Moreira durante evento da campanha contra a febre Aftosa

Apesar da expressiva votação dentro de sua principal base eleitoral (Redenção), a candidatura de Mário Moreira, que foi erguida com a ajuda de inúmeros guerreiros colaboradores, muitas vezes anônimos, foi extremamente prejudicada pelo altíssimo índice de rejeição do atual prefeito Wagner Fontes, que era, até a metade da Eleição, um aliado da candidatura de Mário Moreira.
Inevitavelmente, a carga negativa atrelada à imagem do prefeito Wagner Fontes, devido à inércia administrativa que engessava e ainda engessa o desenvolvimento de Redenção, contaminou a candidatura de Mário e inviabilizou uma votação ainda mais expressiva que, fatalmente, o levaria a assumir uma cadeira na Assembléia Legislativa do Estado do Pará.
Porém, mesmo não alcançando a cadeira na ALEPA, Mário recebeu do Governador eleito, Simão Jatene, a missão de comandar a ADEPARA e ajudar o atual Governo a reestruturar o Estado. Contudo, Mário não foi convidado para assumir a importante missão de comandar a Agência de Defesa Agropecuária do Pará tão somente pelo fato de ter sido o mais votado da região sul do Estado, mas, principalmente, pelos critérios técnicos que envolvem a pasta.

Mário Moreira é agrônomo formado pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, tem experiência administrativa e goza de excelente conceito como administrador junto ao Governo Estadual, uma vez que ficou a frente da prefeitura de Redenção por oito anos e possui, até hoje, o maior leque de obras realizadas na Cidade, não possuindo nenhuma conta desaprovada.


Governador Simão Jatene e Mário Moreira

O pleito de 2010, ao que parece, serviu como divisor de águas e separou de forma cristalina grupos que, até então, andavam de mãos dadas em Redenção. É certo que alguns personagens ainda preferem não acreditar no inevitável e torcem para que tudo não passe de mais um “desentendimento”.
Com apenas 8 meses a frente da ADEPARA, Mário vem se destacando a frente da Agência e já conseguiu cumprir missões que naturalmente iriam requerer um tempo bem maior. A desenvoltura de Mário, inerente à sua pessoa, desperta no Governo Estadual o interesse em tê-lo novamente no ninho tucano, não apenas como membro do PTB, que faz parte da base aliada, mas dentro do próprio PSDB.
Como já falado aqui no Blog, um dos principais interesses do PSDB nas Eleições 2012 é refazer suas bases municipais e Redenção é uma cidade estratégica dentro desse planejamento tucano.
A grande questão é que Mário é segundo suplente do PTB e o deputado Tião Miranda concorrerá à prefeitura de Marabá com chances reais de êxito. Nesse caso, caso Tião seja eleito, Mário subirá para a primeira suplência. Ocorre que o atual primeiro suplente, o ex-deputado Joaquim Passarinho, é Secretário de Obras. Assim, tanto Mário, como Joaquim, caso esse queira permanecer na secretaria, podem assumir a cadeira na ALEPA. Resumindo, a questão é jurídica.
Mário Moreira está, atualmente, no PTB, mesmo partido do prefeito de Redenção, Wagner Fontes, que é candidato a reeleição. A situação é delicada. Acreditar que Wagner tenha o discernimento político mais sensato, para que o PTB não perca o poder em Redenção, e abra mão da reeleição visando um projeto maior, de grupo, provavelmente não seja o caminho mais adequado a seguir. Pelo contrário, “projeto maior”, “grupo”, nunca foram o forte do prefeito Wagner Fontes, talvez seja por isso a separação dos grupos locais.
Certo mesmo é que Mário desponta como fortíssimo candidato a prefeito de Redenção para as Eleições 2012 e, ao que tudo indica, é o único candidato que consegue agregar um maior número de opositores à atual gestão municipal.
Experiência, credibilidade, simplicidade e carisma são algumas das qualidades que Mário tem atrelado à sua imagem, que o fazem um líder natural, sem artificialidade, sem movimento e gestos repetitivos como se fosse um “andróide performático”.


2 comentários:

Anônimo disse...

Lógico né, estava na cara igual nariz...
gervásio se retirando da prefeitura e revelando podres da atual gestão para simplismente se auto beneficiar em 2012...Ai fica assim prefeito mário moreira e vice gervásio...
Fazer política é uma facilidade...

Anônimo disse...

Mário Moreira tem mais voto que Wagner Kaddaffi
to dentro 2012 e Cidade de gente Feliz de Volta.