.....

Pará/Brasil

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Redenção: prefeito Wagner Oliveira (o Fontes) antecipa sua propaganda eleitoral (Parte II)



...Continuando, a segunda estratégia do performático prefeito foi espalhar carros de som pela cidade para divulgar que agora sim, a partir deste ano de 2012, ele, o super prefeito, o professor de Deus, aquele que tudo sabe, que tudo ensina, o mestre dos mestres, o enigmático, o catedrático, irá revirar Redenção do avesso e transformar esta cidade num canteiro de obras, pois somente agora ele conseguiu limpar o nome da cidade para poder celebrar convênios com os Governos federal e estadual.
O prefeito fala no carro de som que a prefeitura de Redenção estava inserida numa espécie de “SERASA” ou “SPC”, mas agora a prefeitura está com o nome “limpo”.
Infelizmente, é justamente o tipo de gestão administrativa que temos em Redenção que faz toda a classe política ficar com o “nome sujo”.
Para a infelicidade deste que vos escreve, ontem, dia 10, às 7h da manhã, ainda na luta para levantar da cama para assistir os jornais matinais, após mais uma madrugada praticamente em claro (que é normal, afinal, quem muito dorme pouco vê) ouço ao redor de minha casa um carro de som com a voz do performático prefeito Wagner Oliveira aquecendo suas cordas vocais para as Eleições 2012. O texto da gravação era mais ou menos assim:

"amigos e amigas de Redenção....aqui quem está falando é o prefeito Wagner Fontes....quero lhes dizer que quando recebi a prefeitura ela estava em frangalhos e blá...blá...blá...blá....blá.....blá...blá....
quero lhes dizer também que somente agora, no final do ano de 2011, eu consegui regularizar as dívidas da prefeitura e agora vamos realmente começar a trabalhar e blá.... blá.... blá.... blá.... blá....
quero lhes dizer também que vamos varrer e pintar a pista do aeroporto e blá.... blá.... blá.... blá.... blá.... blá....
por fim, quero deseja um feliz 2012 a todos e blá.... blá.... blá.... blá.... blá.... blá.... blá.... blá.... blá.”







Pois bem, o texto com um DNA extremamente político e a forma desesperada com que o prefeito espalha os carros de som pela Cidade em nada tem a ver com os ensinamentos do princípio da publicidade que rege a administração pública, conforme ensina nossa Constituição Federal.
Por sinal, é importante que o Ministério Público Eleitoral verifique se o dinheiro gasto para pagar essas publicidades estão saindo do bolso do Senhor Wagner Oliveira Fontes (pessoa física) ou dos cofres da Prefeitura de Redenção, ou seja, do dinheiro público.
A artimanha do performático encaixa-se impecavelmente no instituto da propaganda extemporânea delineada pela legislação eleitoral. Afinal, a propaganda eleitoral somente é permitida após o dia 5 de julho do ano da eleição, conforme nos ensina o art. 36 da Lei das Eleições.
Sendo a publicidade dos carros de com paga com o dinheiro público está-se claramente diante de um ato de improbidade administrativa. O prefeito Wagner Oliveira (o Fontes), de forma escancarada, está dando continuidade à sua política de utilização da máquina pública em benefício próprio para permanecer no poder.
São as Eleições 2012 a todo vapor.


Um comentário:

Anônimo disse...

eu tambem acordei com esse carro som na minha porta. Tenha certeza que quanto mais eu ousso sua voz prefeito mais eu tenho raiva de você pois lembro de como minha cidade esta abandonada.