.....

Pará/Brasil

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Redenção: estrategicamente, prefeito Wagner Oliveira (O Fontes) ordena aos seus súditos que neguem seu rompimento político com Mário Moreira





Pois bem amigas e amigos cafeinados, é certo que até as convenções partidárias muita água passará por baixo dessa ponta chamada eleições municipais. Cada grupo político se articula como pode e com quem pode.

Recentemente, algumas pessoas ligadas ao performático prefeito de Redenção, Wagner Oliveira, em conversas de boteco, tentam convencer alguns céticos que o rompimento político entre Wagner Oliveira e Mário Moreira não é pra valer e que os dois ainda caminham politicamente juntos. Tudo mentira!

Os articuladores políticos mais próximos de Mário não têm, por óbvio, o direito de interferir nas amizades de seu comandante político, e assim não atuam. Na verdade, quem plantou e colheu coisas negativas foi o próprio prefeito Wagner Oliveira Fontes, que confundiu mandato com reinado, simples assim.

Porém, é certo também que o clima pesado que instalou-se entre os grupos políticos até então aliados de Wagner e Mário, após as Eleições 2010, com a traição política orquestrada pelo prefeito Wagner Oliveira e seus assessores mais próximos, deixou raízes profundas e incapazes de cicatrizar, pelo menos, enquanto o atual gestor não deixar o poder.

Isto posto, o grande grupo liderado atualmente por Mário Moreira, entre antigas e novas lideranças políticas, arrisca o Blog, fatalmente se esfacelaria caso fosse direcionado para um suposto apoio ao prefeito Wagner Oliveira. 

Para o Blog, o prefeito Wagner Oliveira é um pesado fardo político que Mário se livrou.

Voltando ao tema da postagem, a estratégia do performático é vender a imagem de que ambos, Wagner e Mário, ainda caminham juntos politicamente para, de um lado, tentar angariar algumas adesões de simpatizantes de Moreira e, por outro lado, tentar enfraquecer a pré-candidatura de Mário atrelando a sua imagem à elevadíssima rejeição da atual administração (leia-se prefeito).








Para colocar em prática sua estratégia, o prefeito Wagner Oliveira está utilizando alguns mecanismos antigos, como a rádio cipó, e criando várias situações, como ligar para assessores próximos de Mário em Belém para pedir-lhes algum favor, sempre com o telefone no “viva-voz” e perante a algum grupo político para, posteriormente ao pedido,  insinuar que Mário e seus assessores continuam do seu lado do front de batalha. Mentira!!!

São as Eleições 2012 a todo vapor.




2 comentários:

Anônimo disse...

È muito fácil p/ nosso querido prefeitinho negar seu rompimento com MM. Depois de tantas perseguições com os funcionários publicos que admiram e gostam do Mário Moreira. É muito fácil falar que está POLITICAMENTE tudo bem! sendo que até o momento muitos funcionarios sofrem por demosntrar qualquer afeto pelo nosso querido Diretor da ADEPARÁ!!!
Ahhh... agora não venha W.F... quem sofreu e que ainda está sofrendo não está acreditando nessa sua conversinha mole, isso é totalmente amoral ... O GRITO DE LIBERDADE ESTÁ BEM PRÓXIMO...




.....LUZ PARA TODOS.....

RAFAEL disse...

Que os anjos digan amem,porque nao aguento mais esse "DITADOR" no poder.