.....

Pará/Brasil

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Bannach: ex-prefeito Gê Fernandes inicia 2012 com contas julgadas irregulares pelo TCE–PA e montante supera a casa de R$ 326.075,84

Gê Fernandes, ex-prefeito de Bannach-PA

O ano de 2012 parece não ter iniciado muito bem para o ex-prefeito de Bannach (PSDB), Geraldo Fernandes de Oliveira. Gê Fernandes, como é popularmente conhecido, teve mais duas contas julgadas irregulares pelo TCE-PA, cujo o montante ultrapassa a casa dos R$ 326.075,84 (trezentos e vinte e seis mil setenta e cinco reais e oitenta e quatro centavos).

Diz-se que o valor ultrapassa a montante citado acima pelo fato da correção monetária.

Gê Fernandes foi prefeito de Bannach por dois mandatos, entre os anos de 2001 a 2004 e 2005 e 2008, contudo, como muitos outros gestores, durante seu mandato, não conseguiu fazer a leitura correta da evolução da legislação pátria e da pressão exercida pelo sociedade sobre a transparência no trato com a coisa pública.

O descaso com a coisa pública tem um preço e o preço é alto. A fatura pode demorar, mas sempre chega. Pelo visto, as faturas estão chegando em doses homeopáticas ao ex-prefeito Gê Fernandes que ainda terá que dedicar um bom tempo da sua vida para amenizar o que ainda vem pela frente.

Detalhe importante é que esta luta é extremamente solitária, pois, sem mandato, os “amigos” de outrora agora estão distantes, quase sempre buscando outro guarda chuva para se abrigar e defender o pão de cada dia.
Veja abaixo a publicação do julgamento das contas do ex-prefeito Gê Fernandes no Diário do Estado.



segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Redenção: perguntar não ofende...

Praça da Juquira II


Caso a estrutura metálica que cerca a praça localizada na Avenida Brasil (praça da Juquira II), no centro da Cidade, não pertença à prefeitura municipal, quanto estará custando aos cofres públicos municipais o aluguel da bendita???

Blog: reorganizando as estruturas



O Blog está reorganizando os equipamentos que lhe foram roubados e a partir de amanhã, 31, as postagens serão normalizadas.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Redenção: a casa caiu, prefeito





Pois bem, amigas e amigos do Café com Política, parece que a casa caiu para o performático prefeito de Redenção, Wagner Oliveira (O Fontes).

Na data de ontem, 25, publicamos (aqui) que nos bastidores políticos falava-se que a coisa estava complicada para o lado do prefeito de Redenção, Wagner Oliveira, também conhecido como Wagner Fontes.

Nesta quinta feira, 26, alguns veículos de comunicação publicaram matérias sobre supostos desvios ou má aplicação de verbas públicas na prefeitura municipal de Redenção.

O Blog Café com Política não foi criado para ser um blog jornalístico, não mesmo. Tratamos o tema “política” com maior destaque pelo fato do Blog participar ativamente do meio político partidário, apenas isso.

Contudo, é gritante que o Município de Redenção precisa de uma reformatada urgente em sua administração municipal.


 
 

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Redenção: nos bastidores do PDV...prefeito Wagner Oliveira, o impecável, falta injustificadamente à aula e poderá levar advertência dos alunos


Alunos comemorando um dia sem PDV e prefeito Wagner Oliveira


Pois bem, senhoras e senhores, amigas e amigos do Café com Política, o performático prefeito de Redenção, Wagner Oliveira,  faltou ao PDV desta quarta feira, 25, e não informou aos seus exaustos alunos.
O ilustre palestrante - que teima em propagar em sala de aula que suas "teses" serão reconhecidas internacionalmente e ele será chamado de Ueigner Fontes (hum hum...o Blog acredita que ele esteja querendo traduzir seu próprio nome para o inglês) - não gosta quando seus pupilos faltam às aulas e manda algum de seus assessores mais chegados buscar o faltante em sua casa para, em seguida, humilhá-lo em público.
Ocorre que desta vez o faltante foi o próprio "teacher of God" (professor de Deus). O Excelentíssimo Senhor Prefeito Wagner Oliveira faltou à aula sem justificar e fez com que "milhões e milhões" de alunos acordassem na madrugada para chegar na sala de aula no horário marcado, às 06h00 da matina, sem necessidade.
O lance é que parece que alguns alunos não ficaram satisfeitos com a falta de compromisso do palestrante e pretendem articular com os demais alunos uma espécie de advertência ao professor que tudo sabe, pois já que ele ensina a fórmula correta de fazer sobre tudo aquilo que existe na face da terra, então, ele tem o dever de ser um exemplo de perfeição.
Ou será que o prefeito Wagner Oliveira está pensando em transmitir aos seus pupilos a seguinte frase no último dia do ultramegalomaníaco PDV: "façam o que eu falo, não façam o que eu faço" ????????????????


Boatos de bastidores...

Michel Teló

Fala-se em Belém, nos bastidores políticos, que o cantor Michel Teló foi contratado para fazer um show em praça pública em Redenção para cantar somente o seguinte refrão:

"ai se eu te pego.....
ai se eu te pego....."





Blog: bate bola com pré-candidatos


Pois bem, amigos e amigas do Café com Política, a partir de hoje o Blog iniciará um "bate bola" com alguns agentes políticos das regiões sul e sudeste do Pará.
O objetivo deste "bate bola" é levar aos amigos do Blog um pouco da história e das ideias de cada agente político que vislumbra uma vaga no parlamento municipal e a caneta do Poder Executivo de cada município.
Voltaremos logo mais com um "bate bola" com o ex-deputado, ex-prefeito de Redenção e atual Diretor Geral da ADEPARÁ, MÁRIO MOREIRA, do PSDB.




Blog: notebook roubado



O Blog está em Belém desde domingo, 22. Já na segunda feira, 23, foi recebido de uma forma nada amigável, pois teve o vidro do carro quebrado, notebook e modem roubados. Este é o motivo na demora das postagem.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Blog na estrada...

Por incrível que pareça, esta foto não é de Redenção.


Pois bem, amigos e amigas do Café com Política, estamos em ano de eleição e o Blog voltará com as frequentes viagens pelas regiões sul e sudeste do Estado. Temos muito trabalho pela frente.
Reiniciamos o trabalho regional no último sábado, 21 de janeiro. É triste ver que as condições das estradas continuam péssimas. Vidas são postas em risco por pura falta de sensibilidade política (má vontade), pois dinheiro tem muito nos cofres públicos.
Seria muito bom se a presidente Dilma (PT) aproveitasse para dar uma turbinada na sua já alta popularidade e mandasse jogar uma capa de asfalto na BR 155, que liga Redenção à Marabá. A situação está crítica.
Buracos à parte, desde o final das filiações partidárias, em outubro de 2011, os ânimos acalmaram nos bastidores políticos e o Blog precisou organizar algumas coisas que havia paralisado por conta da movimentação política. Por conta disto, passou a postar, quase que exclusivamente, apenas a triste realidade política vivida pelos moradores de Redenção.
A partir de hoje, o Blog terá possibilidade de tecer comentários sobre a realidade política de outras cidades do nosso “Carajás”. Contamos com a participação de todos.

(Sul do Pará) Até quando teremos que conviver com esta triste realidade?

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Redenção: alguns assessores do prefeito Wagner Oliveira tentam reverter insatisfação generalizada dos servidores municipais com a administração por meio de coices e chicotadas

Forma modelo da Amazônia de relacionamento com servidores públicos 


Pois bem, amigos e amigas do Café com Política, os servidores públicos de Redenção estão vivendo um verdadeiro inferno astral por conta de alguns assessores mais próximos do prefeito Wagner Oliveira.
A ideia dos (des)inteligentes assessores é fazer com que os servidores que externam alguma insatisfação com o Governo municipal sofram algum tipo de punição ou mesmo humilhação pública para ficar claro que: “manda quem pode, obedece quem tem juízo”.
Ocorre quem nem todos os servidores curvam-se a este tipo de capitão do mato e partem para o embate frontal.

Assessores  do prefeitão tentando domar os rebeldes que conspiram contra o governo do bem


Em ano de eleição é normal prefeitos e seus fieis escudeiros mudarem a forma de tratamento com o funcionalismo público, levantando uma bandeira branca tentando simbolizar paz, pelo menos até o dia das eleições.
Porém, em Redenção, os garotos de recado do prefeito não estão seguindo a mesma linha que o próprio prefeito vem traçando no intergalático PDV e estão promovendo um verdadeiro show de horror no relacionamento com o funcionalismo municipal. Na verdade, estão se superando em comparação com os anos anteriores.




Redenção: desespero na Cidade. PDV é prorrogado para próxima semana.

Desespero total dos alunos do PDV


Aluna em prantos após o anúncio da prorrogação do PDV

Pois bem, amigos e amigas do Café com Política, o calvário continua para os indefesos alunos do PDV. O performático prefeito Wagner Oliveira Fontes resolveu prorrogar o curso para a próxima semana.
O prefeito Wagner O. Fontes abusa do poder de autoridade que possui até o fim do ano, como prefeito que ainda é de Redenção, e obriga aqueles que possuem cargo de confiança e aqueles outros profissionais que terão seus contratos renovados com a prefeitura a participar do famoso e intergalático PDV (Projeto Do Vagner) { como todos sabem, o “V” substituiu o “W” (de Wagner) só para despintar} .
Os fogos que foram comprados pelos alunos para comemorar o fim da tortura ficarão para a próxima semana.




Redenção: alunos do “PDV Negócios” estão em festa. Tortura acaba hoje, 21.



Os alunos do PDV (Projeto do Vagner) estão preparando fogos de artifícios para comemorar o fim de mais um PDV.
O prefeito Wagner Oliveira F. havia informado um PDV de uma semana aos indefesos alunos, mas misteriosamente resolveu arrastá-lo por mais três semanas e, ao que tudo indica, terminará hoje, sexta, 21 de janeiro.
Com toda certeza, as pessoas que participaram do PDV nunca mais serão as mesmas. Suas vidas irão mudar para sempre. Para alguns mais fracos de espírito, a percepção da realidade irá demorar um pouco mais para voltar ao normal, mas no final tudo vai dar certo.






No início do curso, o prefeito terminava as aulas com uma frase de impacto para que os alunos pudessem passar o restante do dia impressionados com tamanha profundidade das palavras e ainda permanecia no local para tomar um café e trocar umas ideias com os alunos presentes. Na verdade, dissimuladamente, pedia apoio político para sua reeleição.
Porém, o performático não parece ter mais paciência para aguentar os pedidos de todos aqueles que frequentam o curso e passam a praticá-lo com o próprio prefeitão quando ensina que todos devem ter algum interesse em tudo o que faz.
O prefeito deveria ter orgulho de seus alunos. Ele ensina que todos devem ter interesse em tudo o que faz, logo, se a maioria das pessoas que frequentam o curso possui um interesse em especial por que não externá-lo ao prefeito justamente na sala de aula?
Ora, ora, prefeito, o fim da aula, quando Vossa Excelência vai tomar aquele café com os alunos e tentar mostrar-se uma pessoa comum do povo, é o único momento que os vassalos tem a oportunidade de ter o contato com o rei.
Os alunos ou passam a fatura por ter que ficar assistindo as benditas aulas às 06h00 da matina no final das “aulas” ou terão que encarar o famoso “chá de sofá” peculiar aos subordinados mais próximos que frequentam a casa do prefeito.
Sinceramente, prefeito, fazer seus alunos esperá-lo terminar o sono da beleza realizado após o almoço pega muito mal em ano de eleição.
Mas parece que o prefeito encontrou uma saída para dar sua frase final do curso e sair sem ter que passar pela tortura de atender os alunos pedintes.
O prefeito agora fala suas frases de impacto perto da porta de saída da Câmara. É isso mesmo, o prefeito fala já saindo do recinto. Hoje, por ser o último dia, o “ilustre” prefeito deve falar a frase final de dentro de seu carro, em movimento.




Redenção: buracos como referência

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Mário Moreira em ação: mudança de status sanitário. Pará é classificado para ser livre de febre aftosa


Mário a comitiva do Pará e o Ministro Mendes Ribeiro e sua Equipe do MAPA

Ver o Pará livre de febre aftosa é um trabalho que vem sendo feito arduamente através da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (ADEPARÁ) e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), com apoio dos produtores. 
Por esse motivo, houve uma audiência na última terça-feira,  dia 17, em Brasília, na  sede do Mapa com o Ministro  Mendes Ribeiro Filho e toda sua equipe.
 Ano passado, as regiões oeste, nordeste e Marajó do Pará eram de médio risco para aftosa, mas através da fiscalização, da educação sanitária e vacinação, passaram a ser classificadas para livre de aftosa. Além do Pará, Maranhão e Piauí também mudaram a classificação.
A mudança de status sanitário foi o motivo pelo qual os dirigentes, Mário Moreira (Adepará); Fernando Lima (Aged/Ma); José Antônio (Adapi) foram chamados em Brasília.




Mário Argumentando com o Ministro Mendes Ribeiro



“Foi comemoração de glória, sendo classificado pelo o esforço, pelo trabalho veterinário, pelo os altos índices de campanha de vacinação”, ressalta Mário Moreira. “Solicitamos ao ministro todo o empenho para esse ano ser 100% livre de febre aftosa com vacinação”.
Também estiveram presentes os secretários de agricultura, Hildegardo Nunes (Pará), Cláudio Azevedo (Maranhão) e Rubem Martins (Piauí). O Ministro parabenizou a competência dos Estados que estão contribuindo com o Brasil e com o Ministério da Agricultura, afinal, esses três lugares têm 18 milhões de cabeças de área de médio risco e podem ir para área livre, segundo o diretor geral da Adepará, Mário Moreira.






Outro assunto levantado por Mário foi o Plano de Desenvolvimento da Pecuária


O Plano de Desenvolvimento Agrícola foi um exemplo de  outra discussão, pois foi discutido para elaborar em conjunto o Plano Nacional do Desenvolvimento da Pecuária.
“Nesse plano vamos apresentar a nossa proposta da região Norte, proposta de melhores financiamentos para retenção de matrizes, uma sede de medidas técnicas com apoio governamental para ampliar a capacidade de produção, ampliando os números da agropecuária com a intenção de buscar recursos para novas instalações, formação de pastagens, investimento na genética.
Apoiar em todos os sentidos, inclusive a infraestrutura: estradas, a parte de educação na área agrícola, cursos, uma série de indicadores em parceria com as federações da agricultura do Pará, Maranhão e Piauí”, disse Mário Moreira.
O prazo para apresentar ao Ministro da Agricultura o Plano de Desenvolvimento da Pecuária da região Norte é de aproximadamente trinta dias.





O Pará sendo sempre lembrado na reunião por sua  exportação de boi em pé.


O Pará é um destaque, sendo o maior exportador de carne de boi em pé e é o quinto maior rebanho comercial. O Maranhão tem mais de 7 milhões de cabeças de gado, o Piauí também vem crescendo, então essa união é fundamental.
Mendes Ribeiro pediu apoio ao Pará para ajudar os Estados de Roraima, Amapá e Amazonas para a saída do statu de alto risco para ir ao médio risco. “Vamos fazer uma ampla reunião aqui em Belém, inclusive com a presença do Ministério e nessa reunião o Pará vai dar todo o apoio possível aos três estados para ir à área livre, já que nós fechamos o trânsito com o Amapá e Amazonas.
Depois da audiência com o Ministro, houve uma ampla reunião com o Secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, Francisco Jardim. Em seguida, com o diretor do Departamento de Saúde Animal do Ministério, Doutor Guilherme Marques.
Com o médico foi traçado a estratégia de fevereiro para as auditorias do Pará, Maranhão e Piauí. Em março e abril fazer a sorologia e a partir desse seguimento fazer os relatórios que vão para a Organização Internacional de Saúde Animal (OIE) órgão sediado na França.
“Até o final do ano vamos querer esses três estados livre de febre aftosa, esse é o grande objetivo”, conclui Mário Moreira.



Fonte: http://www.blogdomariomoreira.blogspot.com/

Redenção: laboratório municipal e posto do Araguaia são fechados devido os ataques de pombos e piolhos

Pombo militante, ex-aluno do PDV

Piolho modelo da Amazônia


Pois bem, amigos e amigas do Café com Política, todo cuidado é pouco ao visitar os postinhos de saúde de Redenção. Como se não bastasse o motivo pelo qual o cidadão vai ao posto, ainda tem que ter o cuidado de não ser atacado por pombos e seus piolhos.
Os piolhos de pombos atacaram funcionários e pacientes que passaram a ter coceiras e apresentar uma espécie de alergia.
O laboratório municipal e o posto do Araguaia, que funcionam no mesmo prédio, foram interditados pelo Conselho Municipal de Saúde que exigiu a dedetização imediata do local.
Pois bem, a situação da administração municipal está tão caótica que até os pombos e seus piolhos já pensam em dominar o mundo começando pelos postinhos de saúde de Redenção, só porque fizeram o PDV.




quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Curionópolis: comissão provisória do PTB renovada com membros filiados ao PMDB

Certidão de Composição partidária

Certidão de Composição partidária

Presidente do PTB Gerlane Pereira, filiada ao PMDB

Secretária Jeane Costa, não está filiada a partido político
Jarilson Rodrigues, não está filiado a partido político

Antônio Carlos, filiado ao PMDB

Hudson Luiz, está filiado embora não
conste registro na última relação oficial entregue pelo partido

Curionópolis: prefeito Chamonzinho (PMDB) consegue alugar PTB com ajuda do prefeito petebista, Wagner Fontes, e secretário geral Raimundo Quaresma (parte I)


Raimundo Quaresma (PTB), Prefeito Chamonzinho (PMDB) e Prefeito Wagner Oliveira Fontes (PTB)


Pois bem, amigos e amigas do Café com Política. Havíamos comentado (aqui) que o prefeito Chamonzinho (PMDB), de Curionópolis, não desistia de tentar anular o PTB na Cidade, pois tem a obsessão de ser candidato único.
Havíamos comentado que assessores do prefeito Chamonzinho, muito empolgados em saber do chefe que estava em Belém que iriam anular mais uma legenda no município, passaram a ligar para alguns membros do PTB e fazer piadinhas, incluindo o pré-candidato a prefeito da sigla.
O prefeito Chamonzinho não contente com a relutância dos membros petebistas em não aceitar seus afagos, resolveu tomar conta pessoalmente do caso. Foi quando passou a frequentar Belém com mais assiduidade e iniciar uma estratégica amizade com o secretário estadual do PTB, Senhor Raimundo Quaresma.
Quaresma, que nunca visitou, sequer, o município de Ananindeua para conhecer a realidade local, “acreditou” nas doces conversas do prefeito Chamonzinho de que o mesmo iria “fortalecer” o PTB na Cidade.
O prefeito Chamonzinho fez amizade com o Senhor Raimundo Quaresma no período natalino, logo, seu coração estava mais afável e cheio de “amor para dar e receber”. A troca de presentes foi constante neste início da nova amizade.
Outro amigo de longas datas do prefeito Chamonzinho é o performático prefeito de Redenção, Wagner Oliveira F. (conhecido também como Wagner Fontes).
Wagner Fontes, que nas Eleições 2008 andou por alguns municípios do sul e sudeste do Estado com a legenda do PTB em baixo dos braços dizendo que seria um representante do mesmo, tratou de ajudar o colega prefeito que, mesmo sendo de outro partido (PMDB) e possuir interesses completamente antagônicos em Curionópolis, ajudou o prefeito Chamonzinho a anular a própria sigla (PTB) para ajudar o pmdbista a realizar seu sonho de ser candidato único.
O que não dá para entender é porque um prefeito do naipe do Wagner Oliveira Fontes, que perdeu dois vereadores eleitos pelo PTB nas Eleições 2008 e os quinze pré-candidatos mais fortes que possuía em sua legenda por pura incompetência política e inabilidade em relacionamento, sai de sua Cidade, Redenção, para prejudicar seu próprio partido, PTB, há centenas de quilômetros de distância ????????

....(continua).....

Curionópolis: prefeito Chamonzinho (PMDB) consegue alugar PTB com ajuda do prefeito petebista, Wagner Fontes, e secretário geral Raimundo Quaresma (parte II)



......(continuando).... 
Wagner O. Fontes realmente nos surpreende a cada dia. Não satisfeito em destruir com o sonho de milhares de pessoas na cidade que (des)administra ainda tem tempo para atrapalhar a vida de cidadãos de Curionópolis.
Mais ainda, sai de sua cidade para simplesmente aniquilar a possibilidade de seu próprio partido, PTB, lançar candidatura própria.
Não dá para entender como um mandatário abre mão de uma candidatura própria, onde seu partido poderá colher bons frutos políticos, pois ficará em evidência e terá a possibilidade de repassar à sociedade local seu projeto político, para ajudar seu adversário político a destruir com os planos da própria sigla.
Esperar que o secretário geral do PTB, Senhor Raimundo Quaresma, não tivesse habilidade política para enxergar um palmo à frente do nariz para saber que o prefeito Chamonzinho apenas queria anular o PTB é uma coisa, mas acreditar que o prefeito Wagner O. Fontes acreditou na história da Chapeuzinho Vermelho contada pelo prefeito Chamonzinho é outra coisa completamente diferente, pois Wagner O. Fontes sempre fez questão de vender uma imagem de inteligente. Na verdade, de super inteligente, de sabichão, de culto, de professor de Deus.
Pois bem, Excelentíssimo Senhor (des)prefeito Wagner O. Fontes e Ilustríssimo Senhor Dr. Raimundo Quaresma, a vontade que Vossas Excelências tinham em querer ajudar o prefeito Chamonzinho era tão grande, tão absurdamente grande, tão inimaginavelmente grande, que vocês não se deram ao trabalho de, ao menos, procurar saber que uma pessoa filiada a determinado partido, por exemplo o PMDB, NÃO pode ser presidente de outro partido, por exemplo o PTB.
E vocês, prefeito Wagner Oliveira Fontes e secretário Quaresma, na imensa vontade de alugar o PTB para o prefeito Chamonzinho, não o avisaram de que não existe apenas o PMDB no mundo. Logo, a pessoa indicada pelo prefeito Chamonzinho para assumir a presidência do PTB NÃO poderia estar filiada ao PMDB. Nem ela, nem os demais membros. Como realmente foi feito.
A presidente indicada na comissão provisória entregue pelo prefeito Chamonzinho (PMDB) ao prefeito Wagner Oliveira do PTB, que posteriormente repassou ao Senhor Quaresma, possuía como presidente a senhora GERLANE PEREIRA DE LIMA e com esta senhora o PTB de Curionópolis foi renovado junto ao TRE-PA.
Contudo, (in)digníssimos petebistas, a senhora GERLANE é filiada ao PMDB, conforme podemos verificar abaixo na Certidão de Filiação Partidária expedida pelo TSE. Assim sendo, a senhora GERLANE jamais poderia estar na presidência do PTB. Isto é simplesmente um absurdo!!!
Como se não bastasse esta aberração, os demais membros da nova diretoria do PTB de Curionópolis, pessoalmente alugada pelo prefeito Chamonzinho do PMDB, também são do PMDB ou não estão filiados a partido político. Logo, se o cidadão não está filiado ao PTB, como pode o mesmo ser membro da diretoria do PTB???
No geral, os novos membros biônicos do PTB de Curionópolis possuem a seguinte situação partidária:
1)     Presidente: GERLANE PEREIRA DE LIMA SANTOS (FILIADA AO PMDB);

2)     Secretária: JEANE COSTA CUNHA (NÃO ESTÁ FILIADA);

3) 1º Membro: JARILSON RODRIGUES DA SILVA (NÃO ESTÁ FILIADO);

4) 2º Membro: ANTÔNIO CARLOS DELFINO (FILIADO AO PMDB);

5) 2º Membro: HUDSON LUIS DE ARAÚJO (ESTÁ FILIADO EMBORA NÃO CONSTE REGISTRO NA ÚLTIMA RELAÇÃO OFICIAL ENTREGUE PELO PARTIDO) 

Caso o secretário geral do PTB-PA, Senhor Raimundo Quaresma, e o prefeito Wagner O. Fontes tivessem o mínimo de discernimento político e tivessem um pouco de consideração com o seu presidente estadual, prefeito Duciomar Costa, e tivessem interesse em traçar algum projeto político a médio e longo prazos para sua legenda, com toda certeza, jamais abririam mão das poucas candidaturas próprias que restaram após a grande migração de candidaturas para outras legendas em 2011.
O prefeito Duciomar Costa ficará, a partir de 1º de janeiro de 2013, sem mandato por, pelo menos, dois anos. Caso decida voltar em 2014, nas eleições gerais, o prefeito Duciomar Costa terá que tentar desfazer o grande estrago realizado em sua legenda por conta de atitudes inconsequentes do prefeito Wagner Oliveira F. e do secretário geral, Senhor Raimundo Quaresma, pois o PTB ficará com a pecha de partido de aluguel, principalmente nas regiões sul e sudeste.
O Café com Política, antes de terminar o texto, gostaria de deixar alguns singelos recados ao prefeito Chamonzinho do PMDB:
1º - Parabéns prefeito Chamonzinho pela vitória nesta batalha. Vossa Excelência conseguiu seu objetivo e alterou a comissão provisória do PTB como havia falado aos seus subordinados;
2º - O Café com Política quer deixar claro que não tem nada pessoal contra Vossa Excelência, apenas defende aquilo que acredita ser justo e luta, diuturnamente, por aqueles que o Blog estima, sempre nos limites da lei;
3º - Por último, prefeito, queremos dizer que perdemos esta batalha, mas a guerra continua .....   pois “desistir é a opção dos fracos”, o que nunca foi e nem nunca será o nosso caso.
Até breve.

São as Eleições 2012 a todo vapor.






Presidente: Gerlane Pereira de Lima


Jeane Costa Cunha


Jarilson Rodrigues da Silva



Antônio Carlos Delfino Alvino

Hudson Luis de Araújo





domingo, 15 de janeiro de 2012

Redenção: Mário Moreira (PSDB) reúne com pré-candidatos e ratifica sua desvinculação política em relação ao prefeito Wagner O. Fontes (PTB)

Mário Moreira (PSDB)


Mário Moreira (PSDB) reuniu, nesta última sexta feira (13), em sua residência, com dezenas de pré-candidatos que almejam uma cadeira no parlamento municipal. Estavam presentes também os presidentes de, pelo menos, cinco partidos políticos (PSDB, PP, PRB, PSDC e DEM)
Mário iniciou a reunião ratificando aos presentes que não concorda com a forma com que a atual gestão comandada pelo prefeito Wagner Oliveira Fontes vem conduzindo a prefeitura e fez questão de informar aos céticos (aqueles que só acreditam vendo) que a ruptura dos grupos de Mário Moreira e Wagner Fontes é real, sem “jogada de marketing”.
O Café com Política já havia comentado (aqui) sobre o início desta ruptura política. Comentamos, inclusive, da tentativa de boicote contra a candidatura de Mário nas Eleições 2010.




Mário Moreira



Sem sombra de dúvidas, o início desta cisão política entre Mário Moreira e Wagner O. Fontes deu-se em decorrência da síncope política de Wagner Fontes após sua vitória nas Eleições 2008, que o fez acreditar que era Nero, o Imperador de Roma.
Na reunião, obviamente, também estavam presentes, de forma camuflada, aqueles que apenas queriam ouvir do próprio Mário Moreira a notícia da separação política dos grupos, uma vez que para muitos dos presentes esta informação lhe chegou aos ouvidos apenas através de terceiros.









Dr Gervásio Camilo (`PSDB) e Mário Moreira (PSDB)


Preliminares à parte, a reunião serviu para mostrar aos pré candidatos que o ano eleitoral iniciou e por isso as reuniões para aperfeiçoar as articulações e os trabalhos políticos são fundamentais.
Esteve presente na reunião o vice prefeito de Redenção, Dr. Gervásio Camilo, que preside o PSDB municipal e há tempos também rompeu os laços políticos com o prefeito Wagner O. Fontes por não concordar com a forma de administrar do chefe do Poder Executivo local.
Dr Gervásio aproveitou o ensejo para pedir a união de todos aqueles que gostam de Redenção para, juntos, expulsar da Cidade a ditadura da burocracia, da mentira, da falta de respeito, da inoperância que está instalada na prefeitura municipal, pois, não havendo união, corre-se o sério risco da sociedade local sofrer por mais longos quatro anos nas mãos do atual gestor.
O receio do Dr. Gervásio faz sentido e está relacionado à utilização da máquina administrativa pelo prefeito Wagner Oliveira F. que fatalmente a utilizará para tirar proveito político em sua reeleição.
   


Dr. Gervásio (PSDB), Dr Adenair (DEM), Adriana Silva (PSDC), Vilena (PSD),
Mário Moreira (PSDB), Lauênio Lima (PP), Pedro Lima (PSDB), Luciano (PRB) e Pedro Tindô (PSDB)

Marcos Além, Mário Moreira e Pedro Lima




São as Eleições 2012 a todo vapor.

sábado, 14 de janeiro de 2012

Redenção: prefeito Wagner Oliveira Fontes mente para o povo. Prefeitura poderia celebrar convênios desde janeiro de 2011

A máscara caiu, prefeito Wagner Oliveira

Pois bem, amigos e amigas do Café com Política, recentemente postamos que o performático prefeito de Redenção, Wagner Oliveira Fontes, estava antecipando sua propaganda eleitoral colocando carros de som nas ruas de Redenção, conforme podemos relembrar clicando aqui e aqui.

Nos anúncios, o performático anunciava, desesperadamente, que a partir de agora, justamente em ano eleitoral, o Excelentíssimo Senhor Prefeito havia conseguido limpar, enfim, o nome de Redenção de uma espécie de SERASA ou SPC.
Segundo as gravações que os carros de som teimavam em berrar pela Cidade, o prefeitão havia passado três longos anos sem poder realizar qualquer convênio com os governos federal e estadual porque Redenção estava com o “nome sujo”.
Como se não bastasse a coragem em ter que assumir que não teve competência para organizar as finanças do Município em tempo menor, o prefeito mentiu descaradamente ao afirmar que somente agora, no final de 2011, ele havia conseguido “limpar o nome” de Redenção para poder celebrar convênios.





Esta mentira deslavada precisava de um belo óleo de peroba.




Dr Gervásio Camilo (PSDB)



O vice prefeito de Redenção, Dr. Gervásio Camilo (PSDB), em entrevista recente a um periódico local, revelou que trabalhou diuturnamente para resolver a pendência jurídica que emperrava a possibilidade de crescimento de Redenção e impossibilitava a celebração de eventuais convênios com outras esferas do poder.
Dr. Gervásio Camilo, que há muito estava fora da equipe da atual administração, não apenas falou como provou que o Município estava regular (nome limpo) para receber recursos federais e estaduais.
O vice prefeito apresentou as certidões negativas que comprovam que Redenção estava regular para receber recursos desde o dia 25 de janeiro de 2011, ou seja, há quase um ano.
Porém, para tentar esconder a inoperância administrativa na qual a prefeitura de Redenção está mergulhada, o prefeito Wagner Oliveira mente ao povo dizendo que somente agora conseguiu “limpar o nome” de Redenção. Mentira.
Repetimos para não deixar dúvidas, a prefeitura de Redenção conseguiu organizar suas pendências jurídicas herdadas pela administração passada em 25 de janeiro de 2011, data muito diferente daquela narrada pelo prefeito Wagner Oliveira Fontes nos carros de som.
Em tempos, Redenção conseguiu regularizar suas pendências em 25 de janeiro de 2011, mais de dois anos após o início do mandato (2009), devido o empenho do vice prefeito, Dr Gervásio, e algumas outras poucas pessoas sensíveis à causa, pois se o Município fosse esperar pela “agilidade” peculiar do prefeito, acabaria o mandato e nada seria resolvido.

Analisando os documentos abaixo, podemos perceber que Redenção possuía uma certidão positiva com efeito de negativa (ou seja, para os fins legais, esta certidão possui o mesmo efeito de certidão negativa), e, em seguida, em 07 de fevereiro de 2011, passou a ter uma certidão negativa de débitos.


Certificado de Regularidade Previdenciária - CRP 



Infelizmente, por pura incompetência administrativa da atual gestão, Redenção nunca conseguiu um real de investimentos externos.