.....

Pará/Brasil

domingo, 21 de julho de 2013

Helder Barbalho (PMDB): propaganda, pra que te quero?

Outdoor de Helder Barbalho (PMDB), em Curionópolis

A necessidade de manter a imagem sempre viva na memória do eleitorado é preocupação constante de todos aqueles que almejam cargos eletivos e todos os agentes políticos, de uma forma ou de outra, criam alguma situação para poder divulgar suas respectivas imagens ao distinto público.

Para tanto, são criadas as mais diversas manobras publicitárias, sempre tendo o cuidado de driblar a fiscalização dos juízes eleitorais devido a caracterização da propaganda extemporânea, o que resulta em algumas brandas multas eleitorais que, ao final, compensam bastante, tendo em vista o retorno político alcançado.

Passando por Curionópolis, o Café observou mais uma peça publicitária que estampava a imagem do ex-prefeito de Ananindeua, Helder Barbalho (PMDB), herdeiro do trono do pai, Jader Barbalho, junto ao PMDB, e decidiu tirar uma foto pensando na presente postagem.

Em vários municípios, da capital ao extremo sul do Pará, outdoor's exibem a imagem de Helder Barbalho e acrescentam alguma frase que ligue o pequeno príncipe à cidade que se encontra a peça publicitária, mesmo que lá nunca tenha pisado o ilustre Barbalho.

Acontece que Helder está vendendo aos quatro cantos do Estado que é o candidato ao governo do estado pelo PMDB e, para tanto, precisa massificar sua imagem e ordena que os militantes pmdbistas levantem esta bandeira.

Percebe-se que as sentenças dos julgados eleitorais vêm, reiteradamente, multando os agentes políticos que antecipam suas campanhas por meio de outdoor, porém, a prática continua desenfreada e os benefícios obtidos são muito maiores que as singelas multas.

Este tipo de manobra política/jurídica faz com que as significativas mudanças ocorridas na legislação eleitoral, como a proibição de outdoor em campanha eleitoral e promoção de showmício, por exemplo, não surtam efeitos e o desequilíbrio de armas nos pleitos eleitorais continue prevalecendo.

Observe que no outdoor há apenas a seguinte mensagem: “Parabéns Curionópolis – Helder Barbalho”. Nela, não há a data, tampouco motivo dos parabéns. Sabe-se lá quando esta placa foi colocada e quando será retirada. Em outras cidades o blog percebeu que haviam frases invertidas, ou seja, era o município que parabenizava Helder Barbalho, talvez fosse pelo seu aniversário, mas o certo é que esse bate-bola (Helder para município / município para Helder) pode ocorrer até próximo das eleições e o prejuízo eleitoral já estará garantido.

São as Eleições 2014 a todo vapor.


Outdoor de Helder Barbalho (PMDB), em Curionópolis

Um comentário:

Imagina nas eleições 2014 disse...

Precisamos compreender totalmente o significado desses movimentos de massa e dessas denuncias. Como isso irá afetar o desempenhos desses políticos nas eleições de 2014. O estudo das eleições passadas pode nos dar algumas pistas sobre o perfil do candidato e de seus eleitores e como ele se encaixa nesse novo cenário. Que mudanças o candidato tem que fazer na sua postura e programas para atender a este novo eleitor.