.....

Pará/Brasil

sábado, 12 de março de 2016

Lula, Globo e o cinismo de ambos. É o jogo do poder.

O ex-presidente Lula fez um longo discurso na comemoração dos 36 anos do Partido dos Trabalhadores (PT) festejado no final de fevereiro, no Rio de Janeiro.

Em certo momento do discurso, Lula desabafa:



É bem verdade que Lula tem lá seus motivos para ter não só uma pulga, mas um cachorro inteiro atrás da orelha, pois a confissão do cara da Globo, Boni, não deixa dúvida da imparcialidade da emissora ao colaborar com o marketing de Collor para o debate final das Eleições de 1989. Veja o vídeo da confissão:


Contudo, por outro lado, Lula não pode colocar-se em situação de coitadinho, pois, tal qual a Globo, é mestre na arte de atuar, de manipular.


No final das contas, os interesses dos que estão no topo da “cadeia política” sempre falarão mais alto do que qualquer discurso de ética, moral, decência etc...dos simples mortais.

Como bem diz o ditado: farinha pouca, meu pirão primeiro. Ocorre que quando se trata de dinheiro, poder e política, a farinha é sempre pouca e o grande público que se lasque.


Veja abaixo um pouco do cinismo do ex-presidente Lula, que também tratou, igualmente o Boni, de gravar suas confissões para ficar para posteridade.









Nenhum comentário: