.....

Pará/Brasil

domingo, 13 de março de 2016

Na maior manifestação popular da história, o povo saiu fortalecido e deu o seu recado ao governo e à oposição: “Basta! Não dá para aguentar tanta bagunça e roubalheira.”


O dia 13/03/2016 ficará marcado na história do Brasil como a data da maior manifestação política brasileira, onde o protagonista foi o povo, somente o povo.

O recado foi dado ao governo e à oposição: Basta! Seja quem for o governante, terá que governar sabendo que o povo aprendeu se mobilizar.

É a internet ajudando no fortalecimento da democracia.

As manifestações de hoje serviram para deixar claros alguns tópicos estabelecidos pelo povo: 

1) não dá para aguentar mais o atual governo da presidente Dilma;

2) ninguém aguenta mais o cinismo e desmandos do ex-presidente Lula;

3) o modelo sistêmico de corrupção instalado no governo precisa ser devidamente investigado e desmontado;

4) todos os envolvidos nas gatunagens precisam ir a julgamento;

5) não há um “líder” da oposição que se beneficie com o enfraquecimento do governo e capitalize eleitoralmente;

6) a imagem do juiz Sérgio Moro está em alta e o povo se sente representado pela sua forma firme de atuação;


Comitiva de tucanos e aliados nas manifestações de São Paulo

O senador Aécio Neves e o governador Geraldo Alckmin, ambos do PSDB, e a senadora Marta Suplicy, do PMDB (ex-petista), ousaram em comparecer às manifestações na Paulista para tentar ganhar algum crédito, mas ganharam apenas vaias e hostilidades.


O governo de Geraldo Alckmin está envolvido no escândalo da merenda escolar e o senador Aécio Neves já foi citado em alguns depoimentos de delatores, mas o que mais vai lhe tirar o sono é a delação do senador Delcídio do Amaral (PT) que deve ser homologado ainda essa semana pelo STF.


Manifestante informando que as manifestações são apartidárias

Nenhum comentário: