.....

Pará/Brasil

quinta-feira, 24 de março de 2016

Operação Lava Jato: um divisor de águas na política brasileira




A história da humanidade tem alguns acontecimentos marcantes que os historiadores costumam chamá-los de divisor de águas.

Sem dúvida, o divisor de águas mais marcante da história foi o nascimento de Jesus Cristo, que fez a história ser contada em antes de Cristo (A.C) e depois de Cristo (D.C).

Pois bem, voltando aos dias atuais e voltando a falar em operação Lava Jato, tem-se a nítida impressão que a história política brasileira terá como divisor de águas a referida operação. Sendo o “mensalão” uma espécie de introdução.

A história da política brasileira será contada nos livros de história do Brasil com os seguintes termos “A. L. J” (Antes da Lava Jato) e “D. L. J” (Depois da Lava Jato).

É surpreendente ver diariamente a evolução dos acontecimentos, as revelações, as atuações cínicas dos atores governistas e oposicionistas. Aquele que ontem apontava o dedo, hoje é acusado de algo pior do que aquele que o mesmo acusava.

As táticas mais sofisticadas para drenar grandes volumes de recursos públicos para o submundo da política estão sendo desvendadas pela força-tarefa da Lava Jato, inclusive com a descoberta recente de um departamento exclusivo para tratar sobre propina na maior empreiteira da América Latina, a Odebrecht.

Assim sendo, aqueles que pretendem continuar nessa prática criminosa ou mudam de táticas, sofisticando-as, ou serão facilmente pegos pelos investigadores que, a partir da Lava Jato, adquiriram larga experiência no combate à corrupção.

Nenhum comentário: