.....

Pará/Brasil

sábado, 9 de abril de 2016

Deputado Francisco Chapadinha em: Farinha muita, meu filé primeiro

Deputado Chapadinha, PTN
“Calouro na Câmara, o deputado Francisco Chapadinha, do PTN, foi convidado a indicar o novo superintendente do Incra em Santarém, na região oeste do Pará, sua base eleitoral. De pronto, aceitou a proposta. De pronto, trocou a condição de indeciso e passou a entoar o coro "Não vai ter golpe". De pronto, justificou-se a um colega: "Nunca ganhei nada. Agora que me ofereceram, não posso deixar de aceitar"”

O texto acima foi reproduzido do site da revista Veja. Sob o título: “Governo Dilma está fechando para balanço. Últimas boquinhas. Corra!”, a reportagem revela como os deputados indecisos estão sendo “convencidos” pelo governo para acabar com a tolice da indecisão.


O deputado paraense, Francisco Chapadinha, eleito pelo PSD e recém-filiado ao PTN, acabou com sua indecisão, se a favor ou contra o impeachment, e “convenceu-se” que o melhor mesmo é não ocorrer o impedimento da Dilminha. O poder persuasivo do governo conseguiu desfazer o beicinho do deputado e fulminar qualquer dúvida que o mesmo pudesse ter.



Com o pipo, ou chupetinha, garantido (a), agora o deputado é contra o impeachment desde criancinha, vai chamar todos que são a favor de coxinhas e vai gritar pelos corredores do Congresso a idiota frase: “Não vai ter golpe.”

    

 



Nenhum comentário: